Telefone: (81) 3551-0981 / (81) 3551-2523|Horario de Funcionamento: 08:00h as 12:00h

Portaria oficializa reajuste de 5,45% nos valores de contribuição dos servidores da União

//Portaria oficializa reajuste de 5,45% nos valores de contribuição dos servidores da União

Portaria oficializa reajuste de 5,45% nos valores de contribuição dos servidores da União

Portaria SEPRT/ME Nº 636, publicada nesta quinta-feira (14), no Diário Oficial da União, oficializa o reajuste de 5,45% nos valores das alíquotas de contribuição dos servidores públicos da União, incluindo ativos, aposentados e pensionistas. Com a EC 103, as alíquotas passaram a ser progressivas e atualizadas anualmente de acordo com a inflação do ano anterior (INPC). O percentual de reajuste é o mesmo aplicado aos segurados do Regime Geral de Previdência Social (RGPS).

Abaixo, segue tabela com a atualização das faixas de incidência da contribuição Previdenciária dos servidores públicos federais:

Reajuste alíquotas servidores federais

 

Alíquotas progressivas

As alíquotas progressivas – estabelecidas pela Emenda Constitucional nº 103, de 2019 – passaram a vigorar em 1º de março de 2020, incidindo cada alíquota separadamente sobre cada faixa salarial.

Para os servidores da União, não houve mudança na forma de apuração da base de cálculo, sendo adotado o regramento estabelecido no art. 4º da Lei n º 10.887, de 2004, que define como base de contribuição o vencimento do cargo efetivo, acrescido das vantagens pecuniárias permanentes estabelecidas em lei, dos adicionais de caráter individual ou de quaisquer outras vantagens, mantidas as exclusões da base de contribuição referidas no § 1º desse artigo, a exemplo de auxílios (alimentação, creche, moradia) e de parcelas percebidas em decorrência do exercício de cargo em comissão ou de função comissionada ou gratificada, etc.

Essas alíquotas valem para todos os servidores da União, inclusive para quem ingressou na carreira após 2013, isto é, depois da implementação da previdência complementar. Importante lembrar que, para servidores que entraram no serviço público federal após 2013, a progressividade terá como teto de contribuição o limite máximo dos benefícios do RGPS. Desse modo, para esse grupo de servidores, a alíquota mais elevada não ultrapassará o percentual de 14%.

Fonte: https://www.gov.br/economia/pt-br/assuntos/noticias/2021/previdencia/janeiro/portaria-oficializa-reajuste-de-5-45-nos-valores-de-contribuicao-dos-servidores-da-uniao

 

2021-01-21T11:56:09+00:00 janeiro 21, 2021|Notícias|